Prefeitura de Gurupi

Em Gurupi, palestras com temas diversificados movimentam conferência sobre Educação

03/12/2021 Lino Vargas/Secom Gurupi

Por Débora Ciany – Ascom Semeg

 

As metas e diretrizes do Plano Municipal de Educação (PNE) pelos próximos dez anos, a proposta em âmbito nacional de um sistema educacional articulado e autônomo e a tecnologia e conectividade nas escolas, estiveram entre os temas no primeiro dia da IV Conferência Municipal de Educação que está sendo realizada em Gurupi. O evento, que é base para a Conferência Nacional de Educação (CONAE) 2022, segue hoje, durante todo o dia, no auditório do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFTO), campus de Gurupi.

 

O PNE entre os anos de 2024 e 2034 foi o eixo abordado na mesa redonda, aberta com a palestra ministrada pela Secretária da Educação de Gurupi, Amanda Costa. Nessa perspectiva, tratou-se da avaliação das metas e diretrizes. “É uma avaliação desse plano que precisamos fazer neste momento para que a partir disso, possamos fazer o levantamento das novas metas para o próximo decênio, portanto, é muito importante a participação dos profissionais da educação para que juntos possamos discutir as estratégias e aquilo que queremos nesta área para os próximos 10 anos”, defendeu Amanda. 

 

Com olhar mais contemporâneo para o processo ensino-aprendizagem, entrou nas discussões o tema; ‘Uma escola para o futuro: tecnologia e conectividade a serviço da educação’. A palestra ficou a cargo de Lady Sakay, Secretária de Ciência, Tecnologia e Turismo de Gurupi. “Não temos como pensar no processo de ensino e aprendizagem hoje, principalmente das crianças que são os que estão mais conectados, e têm mais acesso à tecnologia, o formato de aprendizagem delas está inteiramente ligado a essa nova formatação. O cérebro delas, o pensamento delas, as conexões que elas fazem estão muito atrelados a uma conectividade e às novas tecnologias. Portanto, quando falamos em Educação nós não podemos mais fazer essa cisão”, explicou.

 

Proposta

 

Também com participação na conferência, o Presidente do Conselho Estadual de Educação, Robson Vila Nova falou sobre o Sistema Nacional de Educação (SNE) “Gurupi é hoje um dos municípios do Estado do Tocantins que possui sistema próprio, nós temos aproximadamente 63% dos municípios tocantinenses que possuem sistema próprio. E o quê que isso garante? Garante que o município exerça uma autonomia plena na gestão da educação. Gurupi acaba se destacando nessa referência porque conta com um Conselho Municipal de Educação, Fórum Municipal de Educação, Plano Municipal de Educação, Conselho de Alimentação Escolar, Conselho do Fundeb e outros elementos que compõem esse sistema”, reforçou. 

 

Vila Nova lembrou ainda da importância das discussões promovidas na conferência, pois, segundo ele, os sistemas locais que estão em processo efetivo de funcionamento atendendo seus princípios e as suas competências, ajudam a propor nacionalmente um sistema que seja articulado, e que garanta a autonomia dos demais, e consequentemente uma educação de qualidade para todo cidadão.