Prefeitura de Gurupi

Gurupi realiza a IV Conferência Municipal de Educação

02/12/2021 Lino Vargas/Secom Gurupi

 

Por Heliana Oliveira – Secom Gurupi

 

Dois dias dedicados à discussão sobre “Inclusão, Equidade e Qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira”, durante a IV Conferência Municipal de Educação realizada pelo Fórum Municipal de Educação e com apoio da Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal da Educação. O evento iniciou na manhã desta quinta-feira, 02. 

 

O evento é em cumprimento ao que preconiza o Plano Municipal de Educação (PME) e as metas estabelecidas em sua elaboração, é base para Conferência Nacional de Educação (CONAE) 2022 e tem como público-alvo profissionais da educação básica e superior, as redes municipal e estadual de ensino e a comunidade em geral.

 

O coordenador do Fórum, Jhonata Moreira, explica que o evento é um momento de discussão de diversos temas como o Plano Municipal de Educação, valorização dos profissionais, uso da tecnologia dentro da educação. “São temáticas importantes que vão balizar o caminho da nossa educação tanto em Gurupi como no Estado”, destacou afirmando ainda que é um momento para pensar a educação que se quer para o município e para o Estado. “A intenção é que saia dessa conferência um documento referência que seja a cara do que o município de Gurupi pensa para a educação, o que entendemos de inclusão, de equidade e qualidade. Que consigamos emitir um documento que seja referência para a educação”, pontuou. 

 

A coordenadora do Fórum Estadual, Maria de Lourdes, comentou que a conferência é um momento de discutir as questões locais de educação e voltar o olhar para o Plano Municipal de Educação. “São momentos imprescindíveis.  São desses movimentos que nascem as políticas públicas que temos no Brasil. Então precisamos discutir políticas públicas ligadas à educação”, destacou. 

 

A Diretora Regional de Educação, Bete Gama, ressaltou a importância da união entre Estado e Município para pensar e trabalhar juntos o futuro da educação. “Todos nós temos um compromisso, em especial, quando se fala em inclusão. Já caminhamos muito neste sentido, mas ainda existe um caminho longo e estamos juntos, de mãos dadas, para uma educação de qualidade e inclusiva”, expôs.

 

A Secretária Municipal da Educação, Amanda Costa, ressaltou que é um momento de discussão muito importante e que se não ousar neste momento em pensar a educação para os próximos 10 anos haverá arrependimento. “Muitas vezes podemos cansar ou pensar que são discussões que não vão se concretizar, mas nós temos diariamente concretizado as ações que planejamos e é muito importante que discutamos”, disse ressaltando a importância da colaboração de todos que fazem a educação. “Não perca a oportunidade de discutir, de dar opinião, de dizer que tal meta precisa constar no nosso documento, e principalmente, de ser atuante onde estiver, porque a educação precisa de pessoas atuantes”, argumentou.

 

 

A prefeita Josi Nunes participou da abertura da Conferência e expôs que é fundamental essa discussão e que vai orientar a implementação das políticas públicas para a educação para os próximos anos. “Para que o Plano Nacional de Educação seja elaborado, é preciso que surja da nossa realidade, da nossa base, que são os municípios, então é fundamental que os municípios realizem as conferências municipais”, disse completando que é necessário encontrar alternativas para que a equidade, qualidade e inclusão, sejam metas efetivas e realizadas.

 

A primeira palestra da Conferência foi com Euler Rui Barbosa Tavares e Maria de Lourdes Macedo, que explanaram sobre "Inclusão, Equidade e Qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira''. Euler é deficiente visual e falou com propriedade sobre a importância da inclusão.

 

 

O primeiro dia de evento é voltado a discussão geral em relação a temática, e nesta sexta-feira, os participantes se reunirão em grupos e discutirão acerca dos temas, também será formalizado um documento com as metas que serão apresentadas na Conferência Estadual.